FUTEBOL Académica 1 x 1 Beira-Mar BASQUETEBOL Beira-Mar não vai jogar na Proliga em 2011/2012 FUTSAL Torneio » Final: "Os velhos" vencem AFG, por 5-2

quarta-feira, 25 de maio de 2011

Majid Pishyar em discurso directo

"São três os objectivos que tenho definidos para o Beira-Mar: quero pagar as dívidas do clube e saneá-lo do ponto de vista financeiro; depois, devolver-lhe a credibilidade, tornando-o sustentável e viável; e projectá-lo desportivamente, com a ambição de um regresso às competições europeias".

"São dois clubes históricos (Beira-Mar e Servette). O meu trabalho no Servette é categórico quanto ao que quero e quanto à seriedade dos meus investimentos. Peguei no clube após uma crise sem precedentes, melhorámos as condições de trabalho, recuperámos a credibilidade, e de assistências de 600 espectadores passámos para uma média de oito mil. Nesse ponto, muito do que tenho feito no Servette serve de modelo, sabendo que cada clube tem as suas próprias características", assinala o empresário, que deseja ainda reaproximar o Beira-Mar da cidade e das suas velhas glórias. "Quero que o Beira-Mar nunca perca a identidade. Vou trazer para o clube ex-jogadores e individualidades da cidade", afirma, sem qualquer plano de revolução, em particular quanto ao futebol: "Tenho pessoas da minha confiança que tratarão do futebol, mas no Beira-Mar há gente com capacidades e conto com todos, pois sempre fui uma pessoa de consensos."

Basket - "Quero investir em todas, mas confesso que sou um fã de basquetebol e essa é uma modalidade em que pretendo apostar seriamente, até porque sei que diz muito aos aveirenses."

Camadas jovens - "Quero apostar forte nas camadas jovens, construindo uma academia para o clube. No Servette tenho feito o mesmo e os frutos estão à vista, pois já transferimos quatro jogadores, três deles para a primeira divisão suíça e um para França"


66 comentários:

Anónimo disse...

Mais uma vez o Beira-Mar vai ajudar a cidade, atraindo um investidor para a região.

Anónimo disse...

Depois desta entrevista voto neste homem. Adeus Mano Nunes.

Anónimo disse...

Muito esclarecedora esta entrevista. Ainda bem que vamos ter a bandeira do Servette e ser a filial B. Mas como vêm ex-glórias do clube, está tudo bem.

A malta do basket também deve estar contente. Se o iraniano apostar na modalidade vai tirar o tacho a muita gente.

Anónimo disse...

Epá lá vem a história da filial B. Já mete nojo. Já se sabe que vão votar contra, mas ao menos arranjem razões crediveis. Acham que o Beira-Mar tem estrutura para nos próximos 5 anos ir a uma competição europeia? Nós nem campos de treino temos. Nesta época a par do Portimonense eramos o clube com uma estrutura mais amadora....

Anónimo disse...

So é pena nao haver um bom investdor Portugues, com a mesma capacidade do Iraniano.

Anónimo disse...

Já para não falar de que se Mano Nunes for para o clube, vão ser novelas todos os dias. Câmara, ez-dirigentes, salários em atraso, etc, etc, etc.
Um dos credores já veio dizer que Mano Nunes não tem capacidade financeira que referiu (vulgo José Cachide), ele quer ver o dele e se não for tudo pago à cabeça, a próxima época vai ser a época do choradinho, do clube pobrezinho, à semelhança do que tem sido. Acham que assim o clube é credível? Nem a nível regional, quanto mais nacional ou internaacional. Se formos profissionais, atraímos mais sponsors (como diz o outro), não se esqueçam que o Feirense vai estar na 1ª liga e vai atrair algumas empresas. Mas nós temos de ficar com as melhores, fruto da nossa história.

Anónimo disse...

Pishyar 1 Mano Nunes 0

Anónimo disse...

A imbecilidade e a vontade de dizer mal do que é novidade é tanta que ontem dizia um tipo que se a SAd de 2 clubes fosse dominada pelo mesmo investidor, só um podia ir às competições europeias, de modo que o Beira mar não podia ir... como se o Beira Mar fosse habitual nas competições europeias e como se um dia tivesse resultados para isso o investidor não quisésse valorizar o clube e o seu investimento...é só inteligências a pôr abaixo...

Anónimo disse...

Muitos dos críticos deste senhor perderam o piu.

Anónimo disse...

Calaram-se porque já sabem que o clube foi vendido a este senhor. Disse alguma coisa que não se esperasse? Todos os Presidentes afirmam que vão apostar na formação e que vão apostar nas modalidades amadoras e que vão levar o clube para a frente. Mas parece que por este ser iraniano isso tem mais valor.

Giro, giro é ver a bandeira do Servette no nosso estádio e o Beira a mandar os seus jogadores para a suíça. E o aumento de pessoas a ver os jogos também vai ser enorme com a comunidade iraniana aveirense a apoiar o Beira. Só se o Pishas pagar para os aveirenses tão ligados ao clube irem aos jogos em abundante afluência.

Anónimo disse...

Afinal foi fácil manipular quem vota. O Sport Club Beira-Mar de quse 90 anos acabou de morrer.

Anónimo disse...

o peixeiro já conseguiu mandar bacalhau para o Teerão continua o mesmo à tarde já não se conhece.

Anónimo disse...

então o beira mar não vai ter bandeira no estádio do servette? assim já não voto nele

Anónimo disse...

O empresário Vítor Pinto da Costa, natural da região de Aveiro, antigo dono da companhia de aviação Air Luxor, administrador da Longstock Finantial SGPS, manifesta interesse em deter a maioria do capital da SAD do Beira-Mar caso os sócios aprovem a criação de Sociedade Anónima Desportiva para o futebol profissional. O empresário confessa que a sua ambição passa por obter 51% do capital e diz que tem um fundo de jogadores para colocar à disposição da equipa. Quanto ao capital social considera que é curto e deveria ser aproximado dos 5 milhões de euros. “O meu interesse na sad não é específico nos 80%. Não me importo de ter 51% e que o clube fique com o resto ou que outros investidores entrem no negócio. Quanto à garantia de pagamento da dívida os sócios deviam exigir uma sad de 5 milhões para haver garantias de pagamento aos credores. Que não recebem promessas senão fica tudo na mesma. A SAD deveria ser de 5 milhões”, adianta o empresário aveirense.

Vítor Pinto da Costa tem negócios imobiliários na região mas admite que não é sócio do Beira-Mar e por isso assume que não será um nome familiar junto dos beiramarenses. “Não sou sócio e no universo beiramarense não sou conhecido mas fui ver alguns jogos. Sou de Aveiro e tenho negócios no mundo do futebol, estou a investir nalguns clubes e também posso investir cá”, declarava Vítor Pinto da Costa em entrevista à Terra Nova. Mais um candidato à SAD do Beira-Mar depois do iraniano Majid Pishyar e Mano Nunes.

+ Beira-Mar: coragem para publicar isto amigos! Coragem! Ou também alinham pela carneirada dos jornalistas da terra?!

Anónimo disse...

in terra nova faltou escrever... Os sócios TEM DE ABRIR IOS OLHOS ENQUANTO PODEM!!!!

Anónimo disse...

segundo ouvi na Terranova há um outro investidor interessado que quer apenas 51% de capital um investidor de aveiro mas com um apelido portista..Pinto da Costa :)

ele quer que o capital seja de 5M€ em relação às percentagem e ao capital do clube concordo com ele só discordo porque ele é um investidor de jogadores e vai querer colocar aqui qq merda só para rentabilizar esses jogadores.

posso estar errado e sei que todos farão o mesmo mas nesse ponto vai ser complicado.

se for verdade a questão do terreno ao lado do estádio acho que o iraniano não investe só no BM mas sim na cidade e região o que é uma mais valia e a ser verdade o que ele diz seria bom..no entanto ainda não me convenceu, mas sei que com o grupo que tem por trás é a solução mais segura para todos!

PM

Anónimo disse...

VÍTOR PINTO DA COSTA QUER SAD DO BEIRA-MAR E DEFENDE CAPITAL MAIS ELEVADO.

O empresário Vítor Pinto da Costa, natural da região de Aveiro, antigo dono da companhia de aviação Air Luxor, administrador da Longstock Finantial SGPS, manifesta interesse em deter a maioria do capital da SAD do Beira-Mar caso os sócios aprovem a criação de Sociedade Anónima Desportiva para o futebol profissional. O empresário confessa que a sua ambição passa por obter 51% do capital e diz que tem um fundo de jogadores para colocar à disposição da equipa. Quanto ao capital social considera que é curto e deveria ser aproximado dos 5 milhões de euros. “O meu interesse na sad não é específico nos 80%. Não me importo de ter 51% e que o clube fique com o resto ou que outros investidores entrem no negócio. Quanto à garantia de pagamento da dívida os sócios deviam exigir uma sad de 5 milhões para haver garantias de pagamento aos credores. Que não recebem promessas senão fica tudo na mesma. A SAD deveria ser de 5 milhões”, adianta o empresário aveirense.

Vítor Pinto da Costa tem negócios imobiliários na região mas admite que não é sócio do Beira-Mar e por isso assume que não será um nome familiar junto dos beiramarenses. “Não sou sócio e no universo beiramarense não sou conhecido mas fui ver alguns jogos. Sou de Aveiro e tenho negócios no mundo do futebol, estou a investir nalguns clubes e também posso investir cá”, declarava Vítor Pinto da Costa em entrevista à Terra Nova. Mais um candidato à SAD do Beira-Mar depois do iraniano Majid Pishyar e Mano Nunes.

Anónimo disse...

É inacreditável a quantidade de comentários aqui feitos com o intuito claro de desacreditar o investidor iraniano. Ora é filial B, ora é o clube da Austria falido, ora é a taça uefa, ora é a perda de identidade. CAROS BEIRAMARENSES.. VEJAM O MODELO DOS MAIORES CLUBES DO MUNDO e reparem se não funcionam como agora se pretende !!!! Agradeço muito a coragem do Engº Mano Nunes, mas não acredito no timing, na capacidade financeira e na boa relação com os credores. EU VOTO NO IRANIANO! QUERO O BEIRA EM CRESCENDO, SEM RECEIOS, COM GENTE NO ESTÁDIO, CREDÍVEL, COM MODALIDADES!

Anónimo disse...

anonimo das 13.45 tu votas apenas sim à SAD ou não. Depois já não escolhes mais nada!

Anónimo disse...

as verdades incomodam

Anónimo disse...

não vale a pena berrar, tá tudo no jogo

Projecto de Pishyar vai ser aprovado
J.M.V.

Majid Pishyar tem caminho aberto para assumir a liderança do Beira-Mar e ganhar posição de relevo no futebol português. O magnata iraniano precisa apenas que os sócios autorizem, amanhã, a Direcção a avançar para uma SAD. "Os sócios apenas terão de autorizar, ou não, que a Direcção possa constituir uma SAD", disse ontem Artur Moreira, presidente da Assembleia Geral, adiantando: "Havendo essa autorização, a Direcção fica mandatada para associar o Beira-Mar ao projecto de SAD que entender mais benéfico", ou seja, pode vetar outras soluções como a preconizada por Mano Nunes, que, sabe O JOGO, tem prevista para hoje uma reunião com os dirigentes aveirenses. O voto dos sócios legitimará o elenco de António Regala a avançar para a SAD do investidor Majid Pishyar, que esteve na génese de todo o trabalho desenvolvido pelos dirigentes até levar o Beira-Mar para este modelo de gestão.

Entretanto, o Bloco de Esquerda e Partido Socialista associaram, anteontem, na Assembleia Municipal, Pishyar a negócios com a Câmara de Aveiro - negados pelo vereador Carlos Santos - por estranharem "a pressa" na aprovação de uma "declaração de interesse público" para os terrenos adjacentes ao Estádio Municipal, abrangidos pela Reserva Agrícola. A desafectação dos terrenos permite lançar a construção de equipamentos multiusos. O BE lembrou que o investidor "tem algo muito parecido na Suíça" e o PS notou a "coincidência na urgência" para votarem contra. PSD, CDS e PCP votaram a favor. Na apresentação de Pishyar, os responsáveis do Beira-Mar confirmaram que Pishyar podia ter "outros interesses de negócio na região".

Migou disse...

Este señor no dice la verdad.

1) las cifras de los espectadores no son correctas.
2) no se construyo la academia aún
3) no se vendieron 4 jovenes jugadores, solo 1.

Un hincha del Servette FC.

Anónimo disse...

se for para contruir uma academia em condições para a formação, já tem o meu voto

Anónimo disse...

este Mijad não vem dar nada a ninguém. Ok. Eu também não dava. Ok. Mas acabem com isto porque a Direcção é que decide! Votem a autorização de SAD e já está! PR

Anónimo disse...

Cachide e a sua credibilidade, hoje amarelo amanha preto

Anónimo disse...

VOTEM PISHYAR , presisamos de um homem que leve o beira-mar para a frente; que aposte na formação e que meta alguma ordem neste clube que tem vindo a descer de nivel nos ultimos anos com dividas a clubes;treinadores e jogadores.
PISHYAR tem o meu voto e acho que todos os sócios deviam votar nele.

Anónimo disse...

VOTEM PISHYAR , presisamos de um homem que leve o beira-mar para a frente; que aposte na formação e que meta alguma ordem neste clube que tem vindo a descer de nivel nos ultimos anos com dividas a clubes;treinadores e jogadores.
PISHYAR tem o meu voto e acho que todos os sócios deviam votar nele.

Anónimo disse...

Votarei favorável à SAD e o projecto do Iraniano é o mais consistente, porque não me parece de ocasião e já tem experiência.

mas importa ouvir toda a gente e apreciar todos os argumentos.


LD

João Mota disse...

SAD é inevitável, agora cabe aos nossos dirigentes decidir qual é a solução mais viável. Eu escolheria o Iraniano.

cumprimentos.

Anónimo disse...

como posso escolher uma se não conheço a outra?? voto no iraniano porque sim? não. Voto é que os sócios possam dizer alguma coisinha, se não se importam.

Anónimo disse...

esta merda vai fazer escorrer muita tinta

Anónimo disse...

a sério? ipam não me digas...!

Anónimo disse...

um Pinto da Costa no Beira? Isso é que era...

Anónimo disse...

O Mano Nunes ficará na história do Beira Mar como tendo sido o melhor presidente.
Mas acabou, não se encaixa neste novo modelo.

Anónimo disse...

para acabar com o clube não.

Anónimo disse...

[i]Registo: o PCP votou ao lado de CDS e PSD. Por isso o partido está como está[/i]

Anónimo disse...

O iraniano convenceu-me. Estranho é estes comentários em espanhol aqui no blog. Uns dizem umas coisas outros dizem outras. Desde que eleve o nome do Beira tudo bem, tambem pior não podia ficar

Anónimo disse...

pior nao podia ficar: registado como diz o o outro. Vai ficar.

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
bernardo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
rui disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Manuel agueda disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Anónimo disse...

que merda é esta?

bernardo disse...

As verdades custam...

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
greentrace aveiro disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
carlos marinho investidor americano disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
greentrace arquitectura aveiro disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
carlos brito marinho disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
GREENTRACE disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.